quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Poema de 4 versos

Parei para olhar o céu e até agora não sei
Se o que vi era apenas uma nuvem,
ou minha vida passando
Diante de meus olhos.

11 comentários:

Na conta! disse...

Ah, capaz!
As vezes eu deito na sacada de casa e fico olhando pro céu, da um cansaço nos olhos e meio que como uma terapia, consigo varrer meu pensamento. ;S

Vooei :P
http://poenaconta.blogspot.com/

Guerras Secretas disse...

É sempre bom deixar a vida dar uma "corrida livre"...descarregar a linha da pipa meio sem rumo um pouco...são preocupações demais, tarefas demais, deveres demais...deitar-se e ver a vida (ou as nuvens) passar, pode ser uma ótima terapia...

Na conta! disse...

Go atualizar titcho! ;)

Robson disse...

bacana teu blog parabéns

Eduarda Rani disse...

nerds... você escreve muito bem!

Jackeline disse...

Simples mas bonito! Parabéns.
Beijos.

Daniely disse...

ÔÔÔÔÔ\0
Que bunitim...me lembrou Drummond...

Escreves muito bem mocinho!

Tata Danadynha disse...

OIe Gostei das Poesia

LIndasss

Carolzita! disse...

feliz natal!!!

Rafael disse...

Poema utra, utra moderno.
tambem sou poeta, porém não tenho um poema tão pequeno assim.
tenho um de 7 versos.

parabéns cara.

Jefferson disse...

bonito poema!

abrçs

Júri Popular